Piadas de Preto

moleque-dentuco

O chateado

O moleque chega em casa chateado e diz pra mãe:
– Mãe, na escola me chamaram de dentuço.
E a mãe responde:
– Está bem, mas feche a boca que você está riscando o chão!

49 votos e 4,00 pontos


Judeu azarado

O judeu bate o carro, é arremessado longe, perda total do carro, mas, incrivelmente, continua vivo. Os bombeiros chegam e vão acudi-lo. O judeu não pára de chorar, berrando:
- Meu Ferrarri, meu Ferrari, novinho!
Os bombeiros, inconformados, perguntam:
- Você sofreu um grande acidente, foi arremessado longe, teve um braço amputado, e está reclamando por que perdeu seu carro?
O judeu, mais desesperado ainda, grita:
- Braço amputada? Ai não, meu Rolex não!

5 votos e 3,00 pontos


A magreza

Na itália o recorde no elevador é de 200 kg = 6 pessoas.
Na Somália é de 6 kg = 200 pessoas

5 votos e 2,40 pontos

Como pesar uma crianca?!?!

Era uma maternidade muito pobre. Tão pobre e mal equipada que não tinha sequer uma balança para pesar os bebês que nasciam. Um dia, uma mãe quis saber o peso do recém-nascido e o jeito foi o pai levar o bebê para pesar no açougue do outro lado da rua. O pai chegou lá e explicou o que queria, saber o peso do bebezinho. O açougueiro pegou o bebezinho com muito cuidado e levou ele lá pra trás do balcão. Alguns minutos depois ele voltou:
- Um quilo e meio, bem pesado!!! Sem ossos!!!

8 votos e 3,13 pontos

DIARREIA E O PEIDO 1

O QUE A DIARRÉIA DISSE PRO PEIDO??

VAI NA FRENTE BUSINANDO QUE EU TO SEM FREIO.

14 votos e 4,14 pontos

JUVENAL ESTAVA DESEMPREGADO

O Juvenal estava desempregado há meses. Com a resistência que só os brasileiros têm, o Juvenal foi tentar mais um emprego em mais uma entrevista. Após uma exaustiva entrevista o quinto entrevistado lhe perguntou:
- Qual foi seu último salário?
- Mil reais! – Respondeu Juvenal, e já ia dizer que aceitava menos. Mas foi interrompido.
- Pois se o Sr. for contratado ganhará 10 mil dólares por mês!- Jura?
- Que carro o Sr. tem?
- Na verdade, agora eu só tenho um fusquinha e um carrinho pra vender pipoca na rua!
- Pois se o senhor trabalhar conosco ganhará um Audi para você e uma BMW para sua esposa!
- Jura?
- O senhor viaja muito para o exterior?
- Exterior do estado, sim. Belo Horizonte, São Paulo……
- Pois se o senhor trabalhar aqui viajará pelo menos 10 vezes por ano, para Londres, Paris, Roma, Mônaco, Nova Iorque, Tókio…
- Jura?
- E lhe digo mais… o emprego é quase seu. Só não lhe confirmo agora porque tenho que falar com meu gerente. Mas é praticamente garantido. Se até amanhã, sexta-feira, à meia-noite o senhor NÃO receber um telegrama nosso cancelando, pode vir trabalhar na segunda-feira!!
Juvenal saiu do escritório radiante. Agora era só esperar até a meia-noite da sexta-feira e rezar para que não aparecesse nenhum maldito telegrama. Sexta-feira mais feliz não poderia haver. E Juvenal reuniu a família e contou as boas novas.
Não se cabendo de felicidade convocou o bairro todo para um churrasco comemorativo a base de muita música. Sexta de tarde já tinha um barril de chope aberto. Às 9 horas da noite a festa fervia. A banda tocava, o povo dançava, a bebida rolava solta.
Dez horas, e a mulher de Juvenal aflita, achava tudo um exagero.
A vizinha gostosa, interesseira, já se jogava pra perto do Juvenal.
E a banda tocava!
E o Chopin gelado rolava!
O povo dançava!
Onze horas, Juvenal já era o rei do bairro.
Gastaria horrores para o bairro encher a pança. Tudo por conta do primeiro salário.
E a mulher resignada, meio aflita, meio alegre, meio boba, meio assustada.
Onze horas e cinqüenta e cinco minutos……..
Vira na esquina buzinando feito louco uma motoca amarela…
Era do Correio!
A festa parou!
A banda calou!
Um bêbado arrotou!
Um cachorro uivou!
Meu Deus, e agora? Quem pagaria a conta da festa?
- Coitado do Juvenal! Era a frase mais ouvida.
Jogaram água na churrasqueira!
O chope esquentou!
A mulher do Juvenal desmaiou!
A motoca parou!
- Senhor Juvenal Batista Romano Barbieri?
- Si, si, sim, so, so, sou eu…
A multidão não resistiu…
- OOOOOHHHHHHHHHHH!
- Telegrama para o senhor…
Juvenal não acreditava…
Pegou o telegrama, com os olhos cheios de água, ergueu a cabeça e olhou para todos. Silêncio total. Respirou fundo e abriu o telegrama.
Uma lágrima rolou, molhando o telegrama.
Olhou de novo para o povo e a consternação era geral.
Tirou o telegrama do envelope, abriu e começou a ler.
O povo em silêncio aguardava o desfecho, que poderia virar desenlace. Todos se perguntavam…
- E agora? Quem vai pagar essa festa toda?
Juvenal recomeçou a ler, levantou os olhos e olhou mais uma vez para o povo que o encarava…
Então, Juvenal abriu um largo sorriso, deu um berro triunfal e começou a gritar eufórico.
- Mamãe morreeeeuuu!
- Mamãe Morreeeeuuu!

9 votos e 3,44 pontos

Noticia boa e ruim

O rapaz ansioso para saber os resultado de seus exames pergunta para o
médico:
– E então doutor eu estou bem?
O medico por sua vez responde:
- Olha rapaz eu tenho uma noticia boa e outra ruim. Qual você quer primeiro?
- A ruim.
- A ruim é que você vai morrer.
- E qual é a boa?
- Ta vendo aquela enfermeira gostosa. … Tô Comendo!!!

6 votos e 4,17 pontos

Na casa dos canibais

- Mamãe, o que é que vamos jantar hoje?

- Cala a boca, menino! Volta já pra dentro do forno, vai.

11 votos e 3,73 pontos

Nome do filme 13

Um homem e uma mulher, ambos sem os dois braços, decidiram casar, e algum tempo depois tiveram filho. Qual e o nome do filme ?
NINGUéM SEGURA ESTE BEBÊ

2 votos e 1,00 pontos