Contratando o detetive

Desconfiado da fidelidade da sua mulher, o marido resolveu contratar um detetive particular. Deu a dica de um motel onde ela poderia estar e mandou o detetive ficar de olho para dar o flagrante:
– Não deixe a cretina escapar, que eu estou de olho lá na esquina!
O homem ficou na expectativa por mais de uma hora. De repente, vê o detetive
dando a maior surra numa mulher.
– Espera aí! Essa não é a minha mulher!
– Mas é a minha – berrou o detetive.