O relogio perdido

Certa noite, um português andava de lado para o outro olhando para o chão debaixo de um poste de luz, então chega o guarda e pergunta:
– O que estás a fazer aqui?
– Estou a procurar meu relógio que perdi lá naquela esquina.
– se perdestes naquela esquina, então, por que procuras aqui?
– é que aqui há luz meu caro.