Portugues na festa

No meio de uma festa grã-fina, o dono da mansão, já embriagado, pede a atenção de todos e diz:

— Pessoal! Eu tenho uma coisa muito interessante pra falar pra vocês!

— Fala! Fala logo! O que é? — gritam os mais empolgados.

— É que a minha piscina… Eu nem sei como dizer… Ela…
Ela é mágica!

Todos caem na gargalhada achando que o cara já bebeu além da conta e está delirando, mas ele resolve provar, sai correndo, pula dentro da piscina e grita:

— Cerveja!

Não deu outra! Toda água da piscina se transformou em cerveja! Depois de beber bons goles, o anfitrião saiu da piscina e a água voltou ao normal.

Os freqüentadores não acreditaram e logo um outro cara entrou na piscina e gritou “Uísque!”.

Toda água virou uísque e ele se esbaldou.

Aí foi uma festa. Caipirinha, vodka, gim, todos os tipos de batidas…

Até que um português que estava na festa também resolveu tirar uma casquinha e saiu correndo em direção á piscina mágica. Depois de dar um salto todo desajeitado e cair na água de barriga, sua esposa Maria gritou:

— Ó, Joaquim! Como tu és burro! Pulou na piscina com o celular num bolso e a carteira no outro, ora pois!

E o portuga grita:

— Merda!