SELO COMEMORATIVO

FHC queria um selo com sua foto para marcar a sua triunfal despedida do governo.
Ele exigiu um selo de altíssima qualidade.
Os selos foram criados, impressos e vendidos.
FHC ficou radiante! Mas em poucos dias ele fica furioso ao ouvir reclamações de que o selo nao adere aos envelopes.
O magnânimo presidente convoca os responsáveis e ordena que investiguem o assunto.
Eles pesquisam as agências dos Correios de todo o país e relatam o problema a FHC.
O relatório diz:

“Não há nada de errado com a qualidade dos selos.
O problema é que o povo está cuspindo do lado errado.”